Como a Masturbação Ajuda a Controlar a Ejaculação

Como a Masturbação Ajuda a Controlar a Ejaculação

300 x 250 baner 01

Acabe de vez com Ejaculação Precoce

Quero Aprender

Há tanto homens que ejaculam precocemente desde suas primeiras relações quanto aqueles que passam a desenvolver esse transtorno sexual depois de anos de experiências satisfatórias. Em ambos os casos, muitos se perguntam como a masturbação ajuda a controlar a ejaculação, o que pode ser respondido a partir de várias técnicas e exercícios que contribuem para a solução desse problema desconfortável.

É importante entender que conseguir controlar suas emoções pode garantir que o homem tenha mais tempo em sua relação sexual e a ejaculação ocorra no tempo correto para que ambos sintam prazer.

Geralmente, a masturbação é vista como uma das causas da ejaculação precoce, uma vez que a masturbação é uma prática associada a algo ruim. Dessa maneira, as pessoas tendem a fazer isso de forma escondida e rápida, sem correr o risco de alguém descobrir.

Logo, o corpo fica condicionado a ejacular rapidamente, o que acaba comprometendo o desempenho durante o sexo. O primeiro passo é saber se controlar principalmente logo após a penetração, este período é crucial para o homem que sofre de Ejaculação precoce, já que na maioria das vezes logo após o ato o homem já vem a ejacular.

Qualquer homem pode aprender a ter um domínio maior sobre os estímulos sexuais, a partir de exercícios que podem ser feitos tanto durante o sexo como na hora da masturbação. Ao praticar do modo correto, a masturbação pode ser uma aliada no tratamento da ejaculação precoce, contanto que ele inclua um acompanhamento de um profissional devidamente capacitado para tratar esse tipo de distúrbio sexual.

Para saber como a masturbação ajuda a controlar a ejaculação, é necessário primeiro entender a importância da respiração durante o sexo e durante o ato de se masturbar. Quem não respira pausadamente apresenta mais dificuldades para controlar a ejaculação. Por isso, a respiração também deve ser um elemento a ser treinado, de modo a evitar uma transa apressada e afobada.

Por isso, vamos listar alguns exercícios e técnicas que podem ajudar no tratamento da ejaculação precoce:

 Uma Também interessante e que ajuda a evitar a ejaculação precoce a partir da masturbação por meio da técnica do aperto - que consiste na pressão sobre a cabeça do pênis. Basta usar as mãos para apertar a glande no momento em que a ejaculação estiver prestes a acontecer. Após alguns segundos, é possível voltar a estimular o pênis, pois o desejo de gozar terá diminuído;

Outra técnica bastante praticada é a do stop-start - ao invés de parar e continuar a penetração, o homem pode simular os movimentos sexuais enquanto se masturba, interrompendo os estímulos quando aumentar a vontade de gozar, voltando a estimular o pênis assim que a vontade diminuir.

A masturbação é uma excelente maneira para que o homem conheça seu próprio corpo e suas zonas erógenas. Além disso, a sensação provocada durante a masturbação ajuda na hora do sexo, afinal, o que um homem sente antes de gozar é o mesmo estando acompanhado ou não. Portanto, a masturbação pode auxiliar no tratamento da ejaculação precoce. 

Esses exercícios podem ser repetidos todos os dias, mas dê um descanso de dois dias para o seu corpo, pois ele pode ficar desgastado. Procure sempre um local calmo em que não haja muito barulho ou perigo de alguém entrar. Em alguns meses, você estará apto a controlar a sua ejaculação e ficar muito tempo sem ejacular. Então, quando estiver com uma mulher, vai poder satisfazê-la a noite toda.

Claro que apenas se masturbar de forma controlada não é a solução definitiva para quem tem ejaculação precoce. Além desses exercícios, é necessário recorrer a consultas médicas com um especialista, que pode tratar a partir de psicoterapia e de medicamentos como antidepressivos, uma vez que a principal causa da ejaculação precoce é a tensão em decorrência da ansiedade.

Um médico qualificado pode ajudar a identificar as causas da ejaculação para cada paciente. Assim, o tratamento será mais direcionado para os problemas de cada pessoa, levando em conta uma série de fatores que podem influenciar no controle da ejaculação, como suas primeiras experiências sexuais, eventuais traumas, problemas psicológicos, tensão em diversas áreas da vida do paciente, entre outros fatores.

Por fim, o diálogo com a parceira sexual deve ocorrer para que ambos possam lidar com o problema de forma adequada, com muita compreensão e paciência, afinal, a ejaculação precoce não é curada de um dia para o outro. É importante explicar para a parceira que a masturbação faz parte do tratamento e pode ajudar a resolver o problema. Também é possível utilizar a masturbação como uma parte das preliminares, aproveitando a participação da sua parceira.

Abraço;

250 x 250 baner

Curso completo:

Quero Aprender

http://controlandosuaejaculacao.com.br/